set 12, 2017 / pentagono

Como colaboradores empoderados podem zelar pela segurança de sua empresa?

0

A palavra empoderamento ganhou excesso de uso nos últimos tempos. Tem sido muito incorporada pelo mundo corporativo. E isso tem diversas razões: da motivação dos profissionais à luta das mulheres por mais reconhecimento no mercado de trabalho, passando por maior valorização dos talentos e cuidados mais significativos na liderança de equipes.

Empoderar, de acordo com o Dicionário Aurélio, significa “dar ou receber mais poder”. Neste sentido, podemos dizer que empresas que trabalham o empoderamento são aquelas que investem nas capacidades de seus colaboradores tratando-os como indivíduos preparados para tomar decisões e contribuir mais do que apenas cumprir ordens.

Você já parou para pensar em como colaboradores empoderados podem elevar a segurança da sua empresa? Sobre isso vamos conversar ao longo deste artigo. Acompanhe!

Pentágono Segurança

Empoderamento como estratégia empresarial para elevar a segurança patrimonial

O engajamento dos profissionais com o tema da segurança patrimonial é fundamental. Afinal, são as pessoas que atuam diretamente no dia a dia operacional que estão expostas aos riscos e podem detectar em que pontos a segurança pode ser melhorada, indicar vulnerabilidades e riscos.

Logo, empoderar pode significar ouvir os colaboradores, demonstrar preocupação com as questões de segurança e torná-los aliados neste esforço constante.

Muitas empresas estão criando conselhos de segurança para que profissionais de diversos departamentos possam expor suas ideias e contribuir para tornar o ambiente de trabalho mais seguro assim como sugerir ideias para garantir a preservação do patrimônio.

Capacitar para a segurança é também uma forma de empoderar

Outro ponto interessante no tocante à segurança empresarial é a capacitação dos colaboradores. Mais do que simplesmente investir em equipamentos e serviços de seguridade patrimonial, é preciso levar informação e demonstrar o quanto todos podem contribuir para tornar a empresa mais segura.

Isso perpassa desde treinamentos para utilização de sistemas e equipamentos até métodos e práticas que ajudem nos momentos em que a segurança é ameaçada. Trabalhar o senso de prevenção pode ser fundamental para evitar incidentes, furtos, assaltos etc.

Empoderamento voltado à zeladoria da segurança deve ser tática de liderança

Por fim, é impossível falar em empoderamento sem a participação ativa dos líderes. São eles que servem como norte para os colaboradores, e é deles que devem vir as ações para tornar os profissionais mais engajados no tema da segurança empresarial.

Ao sentirem que seus líderes diretos se preocupam com a segurança das pessoas tanto quanto com a segurança patrimonial, os profissionais tendem a colaborar mais com o tema e são menos resistentes a procedimentos e técnicas.

Para tal é indicado inserir o tema da comunicação nas reuniões, nas comunicações verbais e não verbais que os líderes têm com seus subordinados, bem como demonstrar com clareza o quanto cada profissional pode contribuir para que a segurança da empresa seja elevada.

É sempre bom lembrar às equipes que, no final das contas, o que a empresa quer é que as pessoas estejam seguras no nível pessoal e também na visão de negócio — se a empresa estiver segura seu crescimento será contínuo e todos só têm a ganhar com isso!

Como você tem trabalhado o empoderamento de seus colaboradores? Já havia pensado no empoderamento como tática de segurança empresarial? Deixe seu comentário!

 

Postado em: segurança
Comentários
Sem Comentários
Ainda não há comentários.